Caderno de ideias

Dizem que santo de casa não faz milagre... mas cá estamos nós, desafiando as leis da física (e do senso comum) para te mostrar o melhor do que escrevemos para nós mesmos. Fique à vontade para curtir nosso blog! :)

Projeto da Tea With Me em parceria com a Faculdade de Medicina da UFMG usa redes sociais para prevenção ao suicídio

1A ser lançado em junho, o V.I.D.A.S. (Veículo Inspirador de Amanhãs Solidários) é um projeto firmado entre o Departamento de Saúde Mental da Faculdade de Medicina da UFMG e a agência de Marketing Digital Tea With Me, de Belo Horizonte. O projeto visa propor novos olhares e discussões a jovens de 15 a 35 anos de todo o Brasil que, pelas redes sociais Facebook (www.facebook.com/palavrasporvidas) e Instagram (www.instagram.com/palavrasporvidas), buscam alternativas para lidar com os problemas do dia a dia.

A ação é parte de um Projeto de Extensão, coordenado pelo professor Humberto Corrêa, que conta com a participação de estudantes de graduação, que foca na promoção do bem estar e vida em duas frentes: pessoas em situação de risco de suicídio e pessoas dispostas a ajudar quem esteja nessa realidade.

O objetivo é promover saúde com boas notícias e mensagens positivas na internet, com curadoria de estudantes de Psiquiatria da UFMG e da Tea With Me, disseminadas pelos canais de comunicação do V.ID.A.S..

Com o olhar atento dos profissionais de medicina, também será aberto um espaço para que pessoas de todo o Brasil possam contribuir com conteúdo que possa ajudar no salvamento de vidas. Trata-se de uma ação de prevenção ao suicídio em uma iniciativa que envolve pessoas em situação de risco e, principalmente, cidadãos dispostos a ajudar com mensagens enviadas pelas Redes Sociais do projeto – via comentários nos posts ou mensagens privadas no Facebook e Instagram. A equipe irá filtrar as mensagens e transformá-las em postagens oficiais.

Rede do Bem

Falar de suicídio não é fácil, tampouco tentar resgatar pessoas em situação de risco. Para que o projeto surta o efeito esperado, garantindo a saúde física e mental de todos os envolvidos em suas ações, o V.I.D.A.S. atuará de maneira estruturada e sob a tutela de Humberto Correa, professor da UFMG.

Em parceria firmada com a Tea With Me, a agência de marketing digital de Belo Horizonte vai se responsabilizar pela criação e monitoramento dos canais digitais do projeto. É a TWM, dirigida pela jornalista e psicóloga Cinthia Demaria, quem atualizará diariamente o conteúdo do V.I.D.A.S., atentando-se para as mensagens e interações recebidas na internet.

O projeto foi acolhido pela TWM sem custo financeiro para a UFMG, que, através da sua Faculdade de Medicina, será responsável por sugerir “boas notícias”, informar a população sobre prevenção ao suicídio, incluindo grupos de apoio.

Pílulas de vida – porque a vida é o remédio

Para os organizadores do projeto, pouco interessa se o ser humano nasce bom, por natureza, ou se nasce mau. Complexo em sua essência humana, o fato é que, ele é, sim, capaz de atos ruins, como podemos ver nos noticiários diariamente.

O lado bom da vida, entretanto, também se faz presente no cotidiano, em atos de generosidade, solidariedade, criatividade e altruísmo que pouco são explorados pela grande mídia.

O V.I.D.A.S. se propõe a ser um espaço para não nos deixar esquecer que a vida está plena daquilo que nos faz melhores a cada dia, onde todos possam se ajudar mutuamente, com foco naqueles que estão um pouquinho desanimados e precisam lembrar das boas coisas da vida á volta delas.

Com o mote de distribuir pílulas de vida, pois viver é o grande remédio, o projeto espera ser um bom aliado no combate ao suicídio de jovens e adultos, com respaldo médico e acadêmico para que pessoas sem conhecimento clínico possam ser úteis na cura dos males de seus iguais.